Acompanhe nossas redes sociais
e fique bem informado
Notícias | Mundo
18.04.2017 - 10h09 | Olhar Digital
Facebook é dono de quatro dos cinco apps mais baixados do mundo
 
  • Tamanho do texto: A-
  •  
  • A+

A empresa SensorTower, que realiza pesquisas sobre o mercado de aplicativos, divulgou ontem um levantamento sobre o desempenho de diferentes apps ao longo dos primeiros três meses de 2017. De acordo com os dados da empresa, o Facebook dominou completamente o mercado de aplicativos grátis, sendo responsável por quatro dos cinco apps mais baixados do mundo.

WhatsApp, Facebook, Messenger e Instagram - nessa ordem - foram os quatro aplicativos mais baixados entre 1 de janeiro e 31 de março de 2017. A quinta posição ficou com o Snapchat, que continua forte mesmo com as incontáveis cópias descaradas que o Facebook lança. A dominação de 80% das cinco primeiras posições pelo Facebook acontece tanto na Google Play (loja de apps do Google) quanto na App Store (loja da Apple), como mostra a tabela abaixo:

De acordo com a empresa, o mercado de aplicativos grátis (sem contar jogos) cresceu 14% entre o primeiro trimestre de 2016 e o de 2017. O número total de apps gratuitos baixados saltou, nesse período, de cerca de 11,9 bilhões para aproximadamente 13,5 bilhões.

Mas e a grana?

Por outro lado, quanto o assunto é receita, o Facebook não fica tão bem assim na fita. A empresa nem aparece na lista de dez aplicativos que mais geraram renda no primeiro trimestre de 2017. Nesse quesito, o destaque fica para a Netflix, que foi o aplicativo que mais deu dinheiro nesse período. Nos últimos três meses de 2016, o serviço de streaming já tinha ficado em segundo lugar, mas roubou a coroa do aplicativo de mensagens Line no começo deste ano.

Streaming, aliás, foi o grande negócio do primeiro trimestre de 2017. Quatro dos dez aplicativos que mais geraram receita no começo do ano foram de streaming: além da Netflix, Pandora, Spotify e HBO Now também entraram na lista. Mesmo assim, o Line ainda conseguiu conquistar a primeira posição na lista de apps que mais geraram receita no começo do ano na loja do Android. A tabela completa pode ser vista abaixo:

 
 
Comentários
   
   
   
©2010- 2017 . Portal Independente. Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Paula Araújo